Como Abrir Um negócio Próprio em (POUCOS PASSOS)

No tags Permalink

Você sonha possuir seu próprio negócio? Quer ser o seu próprio patrão? Batalhar por este sonho é, sem dúvida, um grande desafio, mas também não é impossível. Para conseguir é preciso manter o foco e agir estrategicamente.

Além disso, dedicar boa parte do seu tempo ao planejamento também é fundamental, para minimizar fracassos e decepções. Para facilitar este processo, existem algumas maneiras testadas e aprovadas por empreendedores de sucesso, que permitem construir um caminho sólido e bem sucedido.

Passo 1: Faça seu planejamento inicial

Comece sabendo que ter um plano não é uma opção, é uma necessidade. Com tantas ideias novas surgindo a cada segundo e um número imenso de concorrentes no mercado, se você pretende ter sucesso, e nós acreditamos que sim, você deve começar se estruturando melhor.

Experimente passar para o papel toda sua tempestade de ideias e materialize suas impressões iniciais. Para ficar mais fácil, siga esta espécie de roteiro com passos básicos que separamos:

  • Organize suas ideias (escreva)
  • Defina metas claras (valores e prazos)
  • Defina a identidade do seu negócio (marca, nome, valores e princípios)
  • Selecione sua equipe (identifique competências necessárias e busque profissionais)
  • Certifique-se de suas escolhas iniciais (cheque o plano e atualize-o se necessário)

Comece organizando sua ideia, faça um rascunho e vá aprimorando-a, até chegar no ponto em que tenha segurança de que está tudo bem organizado; possui um bom diferencial da concorrência e que possui o que é necessário para avançar para a próxima etapa.

Passo 2: Elabore o seu plano de negócios

Um plano de negócios é uma espécie de guia para novos negócios. Nele você organiza todos os estudos necessários para criação e desenvolvimento do seu negócio.

Ele é uma ferramenta muito importante porque incentiva o empreendedor a estudar mais sobre o mercado, analisando possibilidades e cenários e assim o torna mais apto e maduro para superar dificuldades.

Nele há espaço para avaliar e organizar:

  • A definição ainda mais clara e estratégica do seu negócio
  • Informações sobre o mercado
  • Definições sobre o público-alvo
  • Estruturações sobre as operações e processos
  • Estudos de marketing estratégico
  • O plano de desenvolvimento a ser seguido
  • Planejamento financeiro

Com tudo isto, muito bem detalhado, você conseguirá montar um resumo executivo. Este resumo servirá como guia básico com as informações mais preciosas sobre o seu negócio e além de lhe ajudar a compreender melhor todo o processo da sua empresa, será uma ferramenta estratégica para ajudar na apresentação para captação de investidores e parceiros.

Um bom resumo executivo fala por si só e tem o poder de abrir portas para o seu negócio, permitindo uma apresentação mais clara, rica de informações, mas ao mesmo tempo concisa.

Passo 3: Cuide da burocracia

Uma empresa, antes de abrir as portas, precisa ser regularizada, obedecendo uma série de exigências burocráticas e jurídicas impostas pelas instituições responsáveis.

Para não se perder no mar de alvarás, contratos, leis a seguir, carnês de impostos, taxas e tantas outras obrigações, será importante buscar orientações jurídicas, mas como as regras mudam de acordo com o porte da empresa e modelo de negócio, busque sempre pessoas especializadas no seu segmento.

Comece procurando um contador de confiança para ajudar na rotina de legalização da empresa, para não começar devendo nenhuma documentação e se organizar corretamente para o pagamento de taxas e recolhimento de impostos necessários.

Também não abra mão de uma assessoria jurídica para acabar com todas as dúvidas e se certificar das cláusulas e implicações legais que seus contratos possam envolver.

Passo 4: Gerencie suas finanças

As finanças são sem dúvidas, um dos maiores causadores de dores de cabeça, especialmente para novos empreendedores, que ainda estão se familiarizando com todo este processo de gestão.

Ao começar o investimento, nunca aplique todos os seus recursos na estruturação do negócio, reserve uma margem de segurança para as prováveis emergências dos primeiros meses.

Para fugir da estatística das empresas endividadas e falidas, organize desde o início suas finanças muito bem e estabeleça rotinas de auditoria e checagem para evitar que pendências se acumulem e saiam do controle.

Passo 5: Invista no Marketing da sua empresa

Para novos negócios que possuem orçamento um pouco limitados no início, uma das melhores formas de investir em marketing, gastando relativamente pouco é elaborando um plano de marketing digital.

A internet é um celeiro de oportunidades, permite alcançar um número muito grande de clientes, facilita um direcionamento melhor para o seu público-alvo, possui ferramentas que simplificam a mensuração de resultados e tudo isto com custos bem inferiores aos usados em mídias tradicionais de massa.

Você pode estudar um pouco sobre este segmento, ou investir na contratação de uma agência ou profissional freelancer para ajudar na definição do design e identidade visual da sua marca, além de cuidar das campanhas nos demais canais digitais.

Passo 6:Lance o seu negócio

Planejamento estruturado, plano de negócios montado, burocracia preparada, plano financeiro estruturado e ações de marketing criadas, é a hora de concretizar a abertura do seu negócio.

Seja ele através de uma loja física ou virtual, monte seu estoque, prepare o evento de inauguração, treine sua equipe, ponha em prática todas as etapas anteriores e Boa sorte!.

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *